O que é conteúdo duplicado e como identificá: Saiba mais

O que é conteúdo duplicado e como identificá: Saiba mais

O que é conteúdo duplicado e como identificá-lo?

De maneira geral, o conteúdo duplicado se trata de um material copiado e colado inteiramente ou com mínimas mudanças de outros locais da rede mundial de computadores.

Muitas vezes, as pessoas entendem que esse tipo de material é bastante danoso ao seu posicionamento nas páginas de buscas e até mesmo pode gerar penalizações do Google a esse modelo de prática.

O que é conteúdo duplicado para o Google?

Entenda o conceito de conteúdo duplicado e fuja das punições ao posicionamento de seu site.

De fato, o material repetido pode ocorrer em um mesmo site ou ser disseminado para outras páginas, podendo ser elaborado por um indivíduo ou grupo com o propósito de mascarar os resultados de busca.

No entanto, não é sempre que o buscador Google encara esse tipo de informações repetidas como um sério problema e pune o site. Às vezes, você encontrou uma matéria bastante interessante e útil para o seu público em uma agência de notícias.

Nesse caso, os algoritmos do principal buscador mundial tem a capacidade de perceber que não se trata de uma ação comum e não gera dano a sua posição.

Por exemplo, existem agências governamentais, Agência Brasil, Agência Senado, Agência Câmara, que permitem a utilização livre de seus conteúdos para qualquer site ou veículo de comunicação do Brasil, sem que isso se enquadre em conteúdo duplicado.

Além disso, esse material repetido pode acontecer por falhas ou por quem não conta com nenhuma intimidade na programação e não percebe a exibição do mesmo arquivo em duas páginas do site. Você e o visitante entendem que se referem a mesma informação, mas a interpretação dos motores do Google é de duas páginas distintas, gerando o material repetido.

Por que esse material é condenado?

Entretanto, o problema se encontra quando a ação é deliberada, com a finalidade de influenciar a seu favor o posicionamento dos filtros de busca e atrair mais tráfego para a página.

Segundo a página de suporte do Google, as ações inadequadas geram problemas para o usuário quando o internauta percebe conteúdo duplicado em uma série de opções nas suas pesquisas.

Por causa disso, o maior buscador do mundo trabalha com a intenção de indexar e mostrar sites com dados diferentes. Esse filtro tem o objetivo de bloquear quando um site apresenta um modelo normal e um conteúdo diferenciado para impressão.

Além disso, nas situações nas quais o Google nota que o respectivo conteúdo tem somente o intuito de influenciar o ranqueamento, são realizadas adaptações no posicionamento dos domínios, sendo que a colocação é prejudicada e se corre o risco de ser banido do índice do Google.

Em outras palavras, isso significa que o site ficará de fora dos índices de pesquisa do buscador mais relevante do mundo.

O que fazer para evitar essa duplicidade de conteúdo?

Segundo a assistência online do Google, existem algumas formas simples de impedir a existência de conteúdo duplicado no seu site e, consequentemente, alguma penalização, além de garantir que os seus visitantes acessem o material certo.

Tag noindex, follow

A funcionalidade realiza a tarefa de exibir aos buscadores que há a possibilidade rastrear uma página determinada, só que não precisam colocá-la no seu ranqueamento. Por causa disso, essa tag precisa ser colocada nos locais de busca, acabando com a chance de qualquer problema de indexação de página para pesquisa que não exibe resultados.

Além disso, você pode solicitar a donos de outras plataformas adicionar essa função em qualquer conteúdo duplicado de seu site. Afinal, trata-se de uma forma de justiça, já que, sem a utilização desta ferramenta ou uma menção a sua página, fica configurado o plágio.

Redirecionamento 301

Quando você estiver realizando uma reestruturação na sua página, é indicado utilizar o redirecionamento 301 em seu material. Isso acontece para que você possa direcionar, de modo adequado, tanto os motores de busca quanto os seus visitantes.

Essa ação vai reduzir consideravelmente a briga interna pela aparição nas páginas de pesquisas.

Caso você esteja fazendo alguma alteração de domínio, o redirecionamento 301 é fundamental também para não perder relevância e nem os visitantes diante dos algoritmos do principal buscador do planeta.

Search Console

Outra dica vinda do próprio Google é utilizar o Search Console para indicar ao algoritmo do Google a maneira preferencial para que a sua página seja indexada. Basicamente, você vai dizer ao Google o seu domínio mais atrativo.

Elimine o conteúdo duplicado

Caso você possua páginas semelhantes, é indicado expandir ou consolidar todas elas. Considere o exemplo: você conta com um portal de notícias de esportes com páginas distintas para dois times de futebol, só que a mesma matéria nas duas páginas. É preciso unificar essas páginas de uma vez, utilizando material das duas equipes ou separando tudo com muito mais dados diferenciados e exclusivos.

Como identificar um material duplicado?

Ferramentas gratuitas podem ser muito úteis para descobrir material repetitivo no seu site.

Hoje em dia, há diversos equipamentos gratuitos que podem ser úteis para auxiliar a checar se você conta com algum conteúdo duplicado no seu domínio.

Google Webmaster Tools

Essa ferramenta pode ser utilizada para achar e descobrir títulos e meta tags repetidos na sua plataforma.

DuplicateContent Tool

Trata-se de uma opção muito simples e que não exige nenhum investimento. Você só precisa se cadastrar e explorar suas potencialidades. Por causa disso, o DuplicateContent Tool é ideal para quem tem pouca intimidade com softwares ou programação.

Inicialmente, você pode checar os formatos com ou sem www da sua página, avaliar o cachê do Google e também analisar o índice nas suas próprias páginas.

Além disso, você pode verificar a sua colocação no Pagerank, que é um mecanismo usado pelo Google para compreender a relevância de um site ou página para o buscador e a rede em geral.

Xenu

Essa ferramenta faz uma varredura no seu domínio e exibe uma tabela, contando com todos os endereços disponíveis no site. A partir daí, basta você checar as metatags e ter a convicção de que não estão repetidas.

Você conseguiu descobrir se seu site é passível de punição do Google devido à presença de conteúdo duplicado? Aproveite os comentários para contar a sua experiência para gente!

Share

NInja 01

Treinado nas profundezas da Colina histórica de Feng Xhin, o ninja 01 é o especialista em SEO da equipe e coordena todas as técnicas avançadas que são usadas pelo clan para surpreender os competidores e aparecer no Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *