Google Adwords: Encontre tudo o que você precisa saber

Google Adwords: Encontre tudo o que você precisa saber

O Google Adwords é uma plataforma de anúncios do próprio Google, que possibilita a criação de anúncios para buscas pré-definidas. Ele funciona com um sistema de escolha de palavras-chave e definição do valor máximo que o anunciante almeja pagar pelo clique. O intuito é atrair um tráfego qualificado para o seu site, de pessoas com intenção de busca comercial.

Antes de você começar a ler esse texto, preciso lhe avisar que ele é bem extenso. Tentei abordar aqui todos os pontos necessários para você entender todo o universo do Google Adwords, começando em o que é até os complexos scripts para automação de rotinas.

Segue o sumário do texto. Caso queira pular para uma sessão específica, basta clicar no link.

    1. Bons motivos para anunciar no Google Adwords
    2. Como funciona o Google Adwords
    3. Como funciona o leilão dos anunciantes
    4. Como funciona o Índice de Qualidade
    5. Escolhendo as palavras-chave corretas
    6. A estrutura do Adwords
    7. Tipos de campanhas no Google Adwords
    8. Campanhas para Dispositivos Móveis
    9. Remarketing
    10. Dicas para a produção de um anúncio
    11. Adwords Editor
    12. Scripts: seu maior aliado na gestão de campanhas no Adwords
    13. Cursos de Google Adwords

Ele pode ser chamado também de Link Patrocinado e está sinalizado na SERP com a palavra “Anúncio” ao lado do anúncio propriamente dito.

SERP: Search Engine Results Page (a página de resultados de busca do Google)

Essa, que é a maior ferramenta de links patrocinados da internet, é também a maior fonte de receita do Google. O Adwords permite que um site ou uma página específica dispense um tratamento mais eficaz baseado em SEO.

Veja o vídeo abaixo uma explicação ótima do pessoal do próprio Google sobre o Adwords!

Bons motivos para anunciar no Google Adwords

Um dos motivos que faz uma empresa anunciar no Adwords é o fato da ferramenta possibilitar atrair para o site um público que busca comprar o serviço ou produto que ele vende. Além disso, ela possibilita que a empresa tenha resultados no curto prazo, gerando vendas online.

Num outro conteúdos, falamos sobre as 6 perguntas mais comuns sobre o Adwords e trouxemos as respostas para você.

Quando trabalhamos um site, blog ou página baseado em técnicas de SEO apenas, os resultados tendem a levar em média de 6 a 12 meses para começarem a aparecer.

Um bom anúncio, aliado a um investimento proporcional, poderá atrair muitas visitas. A partir das visitas, crescem as chances da empresa de conversão, seja de lead, de assinantes de feeds ou de compra de produtos ou serviços.

Outro fator positivo é que podemos personalizar as estratégias de campanha de acordo com o perfil do público-alvo da empresa. Uma facilidade típica do marketing digital em relação ao marketing tradicional é exatamente a segmentação de público-alvo.

Quer mais motivos para anunciar no Adwords? Sua campanha pode ser adaptável. Ou seja, através do monitoramento em tempo real e da mensuração de resultados (por meio de métricas variadas), o anunciante pode identificar quais anúncios receberam cliques e quais não estão com boa performance. Assim, poderá alterá-la, corrigindo seu rumo se necessário.

O Google Analytics, outra ferramenta muito importante para o mundo do marketing digital, nos mostra os hábitos de compra de clientes. Situações como o tempo em que eles tendem a pesquisar seu produto antes da compra, ou em que ponto do site podem estão abandonando o processo de compra, são perfeitamente perceptíveis.

Além de tudo isso, você consegue controlar os gastos com esse tipo de publicidade. Afinal, a empresa define qual será o investimento e o quanto pretende obter de retorno.

Como funciona o Google Adwords

Como já foi dito, os anúncios criados na plataforma aparecem no topo da página de busca do Google. Vejamos um exemplo a seguir para entendermos melhor.

Vamos supor que você possua uma agência de turismo e queira atrair visitantes para seu site. Escolhendo as palavras-chave corretas, durante uma busca de algum usuário sobre esse assunto, aparecerão logo no topo da SERP os anúncios pagos.

Os resultados pagos, marcados como “Anúncio” na imagem acima, são seguidos pelos resultados orgânicos, fruto de todo um trabalho de SEO bem feito no seu site.

Quão mais no topo da página, maiores as chances de um link ser clicado (veja as taxas de cliques por posição no gráfico abaixo desenvolvido pela AccuraCast).

Para se posicionar entre as primeiras posições, é preciso, primeiro, que você crie uma conta no Google Adwords e escolha o tipo de campanha a ser utilizada. Dentre as mais escolhidas estão a Rede de Pesquisa e a Rede de Display. Vamos falar mais sobre elas ao longo do texto.

Como funciona o leilão dos anunciantes

A plataforma funciona num esquema de leilão. Veja abaixo um exemplo de como seus anúncios serão ranqueados e quanto você irá pagar no clique.

No leilão, cada competidor define o valor máximo que deseja pagar por clique (Max CPC). O Google, tendo como objetivo principal mostrar o melhor anúncio, que traga a melhor experiência para os usuários, utiliza a métrica de índice de qualidade para privilegiar aqueles que são mais relevantes, chegando no Ad Rank a partir de uma multiplicação de Max CPC*Índice de Qualidade. Nesse momento são definidas as posições de cada anúncio.

Ótimo. Uma vez definidas as posições, o custo por clique será “o máximo para ficar na frente do concorrente que vem logo em seguida”. Em outras palavras, o Competidor B, que possui índice de qualidade 8, irá pagar o máximo para chegar num Ad Rank 40 (do Competidor E).

Perceba a importância do índice de qualidade para definir o retorno do seu investimento em campanhas PPC.

Como funciona o Índice de Qualidade

O Índice de Qualidade varia de 1 a 10 e é formado, basicamente, por 3 fatores:

  • Taxa de cliques esperados
  • Relevância do Anúncio
  • Relevância da página de destino

Cada fator é classificado como abaixo da média, na média e acima da média.

O fator principal para você otimizar o Índice de Qualidade de todas as suas palavras-chave é ter uma estrutura bem definida dos grupos de anúncio. Além disso, existem outros conjuntos de fatores que impactam no seu Índice de Qualidade, como as extensões de anúncio.

Em outro conteúdo falamos mais sobre como ele é calculado e dicas de otimizações.

Vale a pena estar sempre na 1a posição?

Depende. Como você pode observar no exemplo acima, o Competidor E paga 3 reais por clique para ficar na segunda posição, enquanto o Competidor B paga 5 reais para ficar na primeira.

Se o seu objetivo é otimizar o retorno no seu investimento (ROI), estar na segunda posição, nesse caso, parece mais interessante. Se o seu objetivo é, porém, atrair tráfego para o seu site, com o objetivo de vender o máximo possível, ficar na primeira posição pode ser mais interessante.

Escolhendo as palavras-chave corretas

A escolha da palavra-chave é muito importante para que um anúncio seja veiculado para o usuário correto. O Google auxilia os webmasters a definirem as palavras-chave que serão atacadas através do Planejador de Palavras-chave. Veja nesse conteúdo como tirar o máximo dessa ferramenta.

Quanto mais “comum” for uma palavra-chave, maior será seu volume de busca, consequentemente maior número de cliques. Por outro lado, essas palavras costumam ser mais competitivas.

Dar uma pesquisada na concorrência é uma dica interessante. Um bom profissional de marketing digital saberá muito bem como trabalhar uma campanha.

Veja como criar uma campanha de Google Adowrds do zero (Vale realmente dar uma chance para esse conteúdo, temos boas dicas práticas!)

Correspondências de palavras-chave

Para melhor atingir seu público, você deve trabalhar com os diferentes tipos de correspondência que o Adwords oferece. Através delas você pode definir exatamente para quais buscas seus anúncios aparecem, além de negativar outras que não são relevantes.

Você pode trabalhar com diferentes tipos de correspondência:

  • Correspondência ampla
  • Correspondência ampla modificada
  • Correspondência de frase
  • Correspondência exata
  • Palavras-chave negativas

Escrevemos um conteúdo muito bom sobre os diferentes tipos de correspondência, inclusive trazendo suas variâncias na prática: Introdução aos tipos de correspondência de palavras-chave.

Lembra que citamos que podemos monitorar em tempo real e mensurar os resultados de uma campanha? E que podemos alterá-la se necessário? Pois então… Essa análise é de extrema importância.

Se até pouco tempo atrás a publicidade tradicional precisava aguardar dias para se ter uma resposta do mercado, a publicidade atual é automática e tudo pode mudar em um curto intervalo de tempo.

Percebe-se que estamos citando apenas empresas como interessadas no uso do Adwords. Mas tenha em mente que nada impede que esse expediente seja utilizado também para quem queira divulgar um site ou blog pessoal. Seja ele de conteúdo ou um e-commerce.

A internet é um mundo para todos. Basta ter certeza que sua campanha será bem trabalhada. E que seu orçamento disponível será suficiente para alcançar seus resultados.

Estratégias de Lances de Palavras-chave

Cada anunciante tem um objetivo específico quando busca o Google Adwords. Para auxiliá-lo, a plataforma disponibiliza diferentes lances para você ter o melhor retorno no seu investimento.

CPC (Custo por Clique)

Dê seus lances informando o máximo que pretende pagar por um clique.

CPA

No formato Cost per Acquisition, você dá seu lance para o quanto está disposto pagar pela aquisição de um lead. Para que o CPA funcione corretamente, você precisa ter um histórico de conversões na sua conta.

CPM

Custo por Mil Visualizações. Nesse formato, você diz o quanto está disposto pagar por mil visualizações do seu anúncio.

A estrutura do Adwords

A organização do Adwords está vinculada a três níveis: conta, campanhas e grupos de anúncios.

Conta

Para o primeiro nível é possível definir quem terá acesso a conta, além de vincular outras ferramentas como o Google Analytics e o Google Search Console. Ambas trazem informações adicionais para você gerenciair sua conta, como dados de Taxa de Rejeição, Tempo Médio no Site, Termos buscados nos quais o seu site ranqueia organicamente na primeira página e nos anúncios pagos, etc.

Para começar a anunciar no Google Adwords, você terá que primeiro adicionar fundos. Isso pode ser feito cadastrando um cartão de crédito, o qual receberá débitos automáticos quando o investimento atingir um valor específico (por exemplo, R$400,00) ou então através do pagamento de boletos bancários.

Campanhas

No nível de campanhas podemos fazer segmentações como público-alvo, localização, agendamento de anúncios, lances diferentes para dispositivos, estratégias de lance, modo de exibição de anúncios, orçamento, etc.

É importante frisar que a definição de orçamento diário se limita ao nível de campanha. Portanto, atente-se às variações de investimento que podem ocorrer diariamente quando você criar diferentes campanhas.

Nos dias que suas campanhas mostram-se muito populares, o Google pode variar seu orçamento diário em até 20%, mas em outros dias o orçamento é limitado a um valor mais baixo para compensar. Isso é conhecido como superfornecimento.

Grupos de anúncio

Os grupos de anúncio são formados por palavras-chave e conjuntos de anúncio. Tente ser o mais específico possível nas suas segmentações de grupos de anúncio, pois isso permitirá que você pleiteie melhores Índices de Qualidade (dê uma lida no conteúdo disponibilizado a cima sobre “Como construir uma campanha do zero” e veja o nível de detalhamento que estou mencionando).

É recomendável que dentro dos grupos de anúncio você tenha ao menos 3 modelos diferentes, com diferentes chamadas para ação e descrições e que você realize testes para ver aqueles que performam melhor, SEMPRE!

Tipos de campanhas no Google Adwords

O Adwords possibilita a divulgação do seu produto, serviço, aplicativo, conteúdo, promoção, etc., em diversas redes. Veja as possibilidades abaixo:

Rede de Pesquisa

A Rede de Pesquisa, a mais utilizada dentro do Google Adwords, é composta pelos resultados de busca no próprio Google (em conjunto com Google Play e Google Shopping) e sites parceiros como UOL e Terra, além de outros com mecanismos de buscas internos.

Sua principal vantagem é poder atingir clientes que realizam buscas específicas, aumentando a probabilidade de os usuários certos clicarem nos seus anúncios.

Se você está prestes a começar a anunciar no Google Adwords, essa é uma boa forma de iniciar.

Rede de Display

A Rede de Display é a que apresenta maior capilaridade. Ela é composta por milhares de websites que disponibilizam um espaço para anúncios. Muito provavelmente você já entrou em algum site que disponibilizava anúncios, seja de um site desconhecido com conteúdo semelhante ao do site que está visitando, ou de sites que você navegou (a famosa estratégia de remarketing).

Nessa rede você poderá criar anúncios de texto, gráfico, vídeo ou rich media.

Além de possuir custos por clique mais baixos que a Rede de Pesquisa, na Rede de Display você poderá escolher em quais sites seus anúncios serão veiculados, além de excluir aqueles que não quer.

Veja o Guia para os tamanhos das imagens específicas para a Rede de Display.

Você ainda terá a possibilidade de criar anúncios para públicos muito específicos, segmentados por interesses, por exemplo. Veja alguns deles na imagem abaixo:

YouTubeAds

O YouTube tem mais de 1 bilhão de usuários, quase um terço de toda a internet. Anunciar no YouTube é, portanto, uma das maiores oportunidades de marketing digital.

É possível anunciar com diferentes tipos de mídias, sendo que não é preciso criar um vídeo para anunciar.

Veja as possibilidades de mídias para criação de anúncios no Youtube:

Ativosgráficos

  • Banner padrão/bloco para várias finalidades (MPU, na sigla em inglês)
  • InVideo

Ativos de vídeo

  • In-Stream padrão
  • TrueView

Outros recursos

  • Masthead e expansível da página inicial (disponível apenas sob demanda, solicitando à equipe comercial do Google)
  • Rich Media

Google Shopping

O Google Shopping é feito para aqueles que possuem um e-commerce. Anunciar seus produtos, com informações específicas para o usuário, como nome, marca, modelo e preço, fica fácil.

Para a criação de campanhas no Google Shopping, você terá um trabalho extra. É preciso, primeiro, criar uma conta no Google Merchant Center, subir as informações dos seus produtos através do feed de dados e depois criar uma conta no Google AdWords, linkando ambas.

Veja esse vídeo que o pessoal do Dicas de Adwords fez explicando como criar uma campanha no Google Shopping:

Campanhas para Dispositivos Móveis

Para empreendimentos que possuem um aplicativo, o Google fornece a possibilidade de criar as Campanhas de Dispositivos Móveis. Veja as possibilidades de divulgação que você possui:

Campanha universal para apps

Com ela, você poderá anunciar em veículos como o Google, Youtube, Google Play, redirecionando os cliques para a página do seu aplicativo no Google Play. A campanha é voltada para o público com dispositivos móveis.

Campanha de instalação e apps para dispositivos móveis

Divulgue seu aplicativo no Google, Youtube e Google Play.

Campanhas de engajamento com apps

Faça com que o público interaja com seu aplicativo.

Remarketing

As campanhas de Remarketing tem como objetivo principal gerar conversão em usuários que já mostraram interesse no seu negócio. Através delas, você poderá veicular anúncios para pessoas que entraram no seu site.

Nós falamos tudo sobre campanhas de Remarketing nesse conteúdo. Não deixe de ler para saber mais sobre o assunto.

Anúncios para listas de e-mails

Através dos anúncios para listas de e-mails, você poderá anunciar para as pessoas que converteram de alguma forma no seu site, engajando-as em novas campanhas de publicidade.

Além disso, você pode criar um público semelhante, abrangendo ainda mais suas campanhas, anunciando para um público qualificado.

Campanhas apenas para chamadas (call only)

O povo brasileiro adora falar no telefone. Se você possui um negócio que faz muitas vendas através das ligações, as campanhas apenas para chamadas são perfeitas. Através dela o clique gera uma ligação, ao invés de redirecionar o usuário para seu site.

Lookalike: públicos semelhantes

Um dos maiores ativos que uma empresa com atividade digital pode ter são informações sobre os usuários que acessam seu site. Através das campanhas de Lookalike, você poderá veicular anúncios para usuários com comportamento semelhantes àqueles que visitaram seu site.

Dicas para a produção de um anúncio

Um anúncio na Rede de Pesquisa é formado por 5 partes:

  • URL final: landingpage do seu site
  • Título 1: exemplificado na imagem
  • Título 2: exemplificado na imagem
  • Caminho: exemplificado na imagem
  • Descrição: exemplificado na imagem

Para começar, seu anúncio tem que parecer que foi cuidadosamente feito para aquele usuário que está fazendo sua busca no Google. Só há uma forma de fazer isso corretamente: segmente bem seus grupos de anúncio e adicione as palavras-chave do grupo no anúncio!

Seja provocador, desperte a curiosidade, faça uma promessa ou ofereça uma informação, dependendo dos seus objetivos. Que tal algo como “Precisa de um eletricista?”. Ou “Acabe com o estresse”, “5 receitas rápidas para o jantar”, “Como dormir bem”, e assim por diante.

Para chamar a atenção de um usuário, utilize todas as palavras com as iniciais em caixa alta. Continue despertando o interesse através da descrição do anúncio, destacando alguns argumentos importantes, mostrando algo que o diferencie dos concorrentes, destacando seu público- alvo ou até mesmo destacando alguma promoção para seu e-commerce.

Frases de efeito e imperativas como “Frete grátis”, “Promoção exclusiva”, “Compre”, “Ligue hoje mesmo”, “Peça já o seu”, “Acesse agora”, “Inscreva-se”, “Solicite um orçamento”, entre outras, funcionam bem.

Foco nas Extensões de anúncio

Extensões de anúncio são, de acordo com o próprio google: “Um recurso que exibe informações comerciais adicionais com o anúncio, como um endereço, número de telefone, classificação da loja ou mais links de páginas da Web.”

Além de aumentar a probabilidade do usuário clicar no seu anúncios, as extensões tornam eles mais relevantes. Vale ressaltar que a relevância dos anúncios é um dos 3 principais critérios de classificação do Índice de Qualidade.

Elas são divididas em 2 grrandes grupos: Manuais e automática.

Extensões de Anúncio Manuais

  • Extensões de Aplicativo
  • Extensões de Chamada
  • Extensões de Local
  • Extensões de Comentários
  • Extensões de Sitelink
  • Extensões de Frase de Destaque

Extensões de Anúncio Automáticas

  • Avaliações de consumidores
  • Visitas anteriores
  • Avaliações do vendedor

Você pode utilizar todas as extensões de anúncio que quiser. Elas complementam as informações, deixando-os ainda mais atraentes, podendo fazer a diferença no desempenho da sua campanha.

As extensões podem ser configuradas em qualquer um dos três níveis de organização do Adwords. Recomenda-se que seja feita em grupos de anúncio. O motivo? Ter extensões mais relevantes com o contexto do anúncio.

Quando configuramos as extensões, conseguimos ainda determinar o período em que elas serão exibidas e se serão mostradas apenas em dispositivo móveis ou não.

O que não fazer no seu texto de anúncio?

Determinados tipos de anúncios são proibidos de serem veiculados pelo Google. Assim como determinadas configurações. Uma dessas configurações é o espaçamento adequado entre as palavras.

A pontuação deve ser somente a necessária e nunca para chamar a atenção do usuário, como repetir pontos de exclamação ou interrogação. Inclusive o título do anúncio não pode levar ponto de exclamação no final.

Cuidado com os símbolos também. Eles só podem ser utilizados para expressarem seu real significado e não para “inventar” palavras ou diferenciá-las.

Uma palavra não pode se repetir três vezes ou mais em uma linha. E nem precisamos dizer que o uso de uma linguagem inapropriada fará seu anúncio ser vetado.

Adwords Editor

Se você chegou até esse ponto do texto, é porque realmente está interessado em aprender mais sobre o Google Adwords. Para aqueles que querem começar a trabalhar com a ferramenta, usufruir do Adwords Editor é uma ótima dica para otimizar seu tempo de gestão de conta.

O Editor é basicamente uma ferramenta off-line para você trabalhar nas alterações da conta. Dentro da plataforma online do Adwords, toda alteração realizada é salva em real time, o que pode aumentar sensivelmente o tempo de trabalho.

Além disso, através do Adwords Editor você poderá copiar e colar campanhas de forma a replicá-las mais facilmente, subir informações em massa através de uma planilha do Excel, alterar URLs de anúncios ao mesmo tempo, entre outras muitas coisas.

Entenda o que é e quais as vantagens de utilizar essa ferramenta nesse conteúdo que escrevemos para você.

Scripts: seu maior aliado na gestão de campanhas no Adwords

Scripts são basicamente “roteiros” seguidos por sistemas computacionais e trazem informações que são processadas e transformadas em ações efetuadas por um programa principal.

O Google Adwords possibilita que desenvolvedores criem algoritmos para realizarem algumas rotinas. Criar relatórios automáticos, alterar lances para um dado cenário, roteirizar pesquisas de competidores, estão entre algumas das possibilidades.

Para a sorte da maioria, empresas pelo mundo a fora disponibilizam os scripts desenvolvidos inhouse com objetivo de divulgar informações pertinentes a qualquer pessoa que busca anunciar no Google Adwords

Veja 20 Scripts para Google Adwords para você implementar na sua conta!

Cursos de Google Adwords

Aprender na marra o funcionamento do Google Adwords pode levar certo tempo. Para auxiliá-lo nessa jornada, você tem a possibilidade de buscar conhecimento em alguns cursos.

Veja a lista dos 7 melhores cursos de Google Adwords para você começar a aprender hoje mesmo!

Considerações finais sobre Adwords

Pudemos perceber que o Adwords é uma ferramenta rica em possibilidades e apropriada para quem deseja anunciar um conteúdo, produto ou serviço. E, também, apropriada para quem quer resultado rápido e estar no topo da primeira página de buscas do Google.

Não se trata de uma plataforma difícil de ser utilizada. Mas, caso sua empresa não possua um profissional experiente em marketing digital, você muito provavelmente estará perdendo dinheiro nas suas campanhas.

Gerenciar sua própria campanha pode não ser a melhor alocação do seu tempo. Pra isso existem agência, como a própria Markeninja, que prestam o serviço de Consultoria. Veja um estudo de caso onde apresentamos os resultados obtidos com a campanha de um de nossos clientes.

[Estudo de Caso] Como triplicamos o ROI do Adwords em 2 meses

Se você achou que faltou algo relevante nesse artigo, mesmo com todas as informações oferecidas, aproveite para completá-lo através dos comentários. E se tiver alguma pergunta, teremos o maior prazer em respondê-la.

Aproveite também o espaço para dizer se você anuncia ou já anunciou no Google através da plataforma Adwords. E como tem sido ou foi o seu resultado final.

Share

NInja 01

Treinado nas profundezas da Colina histórica de Feng Xhin, o ninja 01 é o especialista em SEO da equipe e coordena todas as técnicas avançadas que são usadas pelo clan para surpreender os competidores e aparecer no Google.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *